Vivendo com a Falsa Vergonha de Pensamentos de Blasfêmia

This Webpage in English

* * *


    Por vários dias fui atormentado com pensamentos blasfemos. Eu não conseguia dormir de noite. Eu comecei a pensar que os pensamentos eram meus e estava começando a duvidar até mesmo da minha própria salvação. Isso pesou grandemente na minha alma, e encontrar suas páginas na internet foi realmente uma dádiva de Deus.

    Eu percebo agora que esse tormento coincidiu com meu pedido a Deus por uma renovação do Espírito Santo na minha vida e um compromisso de avaliar todas as minhas ações pelo padrão “o que eu estou fazendo ajuda a construir ou a destruir o reino de Deus?”, assim como com um esforço renovado para resistir a certas tentações.

    Eu comecei a chorar quando percebi que isso era o diabo caindo sobre minhas fraquezas enquanto tento me aproximar de Deus, e na medida em que eu lia mais, novamente fiquei confiante no poder de Cristo para salvar. Eu podia sentir o peso sendo retirado de mim.

    Obrigado por ser um veículo do amor de Deus num momento crucial e difícil. Eu apreciaria suas orações, assim como sua discrição (não contei para minha esposa nada disso, ou a quem quer que fosse. Estava envergonhado demais de meus pensamentos).

    Acima de tudo, eu louvo o Senhor Jesus Cristo por sua dádiva extraordinária!


    Comentário por Grantley

    Note que esse ataque não foi porque a pessoa estava deslizando, mas por causa de crescimento espiritual. As forças das trevas aparentemente estavam vendo essa determinação renovada como uma ameaça. Se pudéssemos compreender o reino espiritual provavelmente veríamos o ataque como um símbolo de honra.

    Esse testemunho foi compartilhado com permissão, mas sob a condição de que o nome da pessoa não fosse revelado. Sofrer tal tormento, e ainda assim vergonha desnecessária me lembra de muitos sobreviventes de abuso sexual na infância que se abriram comigo. O que faz molestadores de crianças particularmente vis é que inocentes não apenas sofrem horrivelmente, mas muitas vezes são engandos, de forma a acreditar que o que sofreram é culpa deles, não do molestador. É triste que tanta gente querida que foi molestada espiritualmente sem culpa alguma – geralmente justo por estarem fazendo progresso espiritual significante – lutam contra vergonha similar, quando na verdade são filhos queridos e inocentes de Deus.

    Imperdoável? O Pecado Imperdoável da Blasfêmia contra o Espírito Santo

    O que Faz um Pecado Imperdoável? Uma Resposta Clara e Bíblica

    Escrupulosidade: Preocupado com a Salvação, Pensamentos Blasfemos, Severos Sentimentos de Culpa

    Perseguido por Pensamentos de Blasfêmia Meus Medos do Pecado Imperdoável

    Abandonado por Deus? Um Testemunho De Esperança Para Os Cristãos Desviados

    Charles H. Spurgeon Confessou ter tido pensamentos blasfemos

    George Whitefield: Satanás, Pecado e Pensamentos Blasfemos Incontroláveis


    Para mais páginas em Português, veja Português

    There’s Still More: My Battle with Condemning Thoughts & Condemning Dreams

    Não deve ser vendido. © Copyright, 2005,2013 Grantley Morris. Não deve ser copiado por complete ou em parte sem citar este parágrafo. Muitos mais textos compassivos, inspiradores, e às vezes hilarious por Grantley Morris disponíveis gratuitamente no seguinte site www.net-burst.net De graça recebestes, de graça dai.


Gostaria de receber oração?

Gostaria de escrever para o Grantley?

Essa é sua chance!

[E-mail] Clique no ícone, ou mande um e-mail pelo seu método (em inglês) : guilt@net-burst.net

Vital Help

[Much More!] [Daily Quotes] [My Shame]